Doenças que podem causar dor insuportável

14 de setembro de 2023

A pessoa que contraiu herpes zóster, HPV ou hepatite B pode apresentar quadro de dor insuportável, o que prejudica sua qualidade de vida.

No caso da herpes zóster, a dor ocorre no local das lesões. Em algumas situações, a dor pode persistir por meses ou anos após o sumiço das lesões, prejudicando a qualidade de vida da pessoa, sendo que esse quadro de dor é conhecido como neuralgia pós-herpética.

Já o HPV pode causar lesões em formato de verrugas na região genital do homem ou da mulher, podendo causar dor intensa.

No caso da hepatite B, podem ocorrer dores fortíssimas na região do abdômen.

Além das dores, o HPV e a hepatite B podem apresentar outros sintomas e gerar graves complicações, como câncer.

A vacinação é a melhor forma de se prevenir contra essas doenças.

Posted in Blog by admin | Tags: , ,
30 de agosto de 2023

Posted in Blog by admin | Tags:
23 de agosto de 2023

11 de fevereiro de 2023

HPV, hepatite A e hepatite B são três doenças comuns de serem contraídas em época de Carnaval e que podem ser prevenidas através de vacina.

O HPV pode causar lesões em formato de verrugas na região genital do homem ou da mulher, causando dor e coceira intensas. Além disso, homens infectados por HPV podem desenvolver câncer de pênis.

A hepatite do tipo A causa inflamação no fígado, fazendo com que a pessoa apresente sintomas como icterícia (pele ou olhos amarelados), fadiga, dor abdominal, perda de apetite, febre, enjoo e/ou vômito.

A hepatite B pode apresentar sintomas semelhantes ao da hepatite A e também gerar graves complicações, como cirrose ou câncer. Nessas situações mais graves, o fígado vai perdendo suas funções, causando muita dor e sofrimento na pessoa até a sua morte.

Não deixe para se vacinar na véspera do Carnaval, pois o corpo leva alguns dias para criar anticorpos contra essas doenças.

Posted in Blog by admin | Tags: ,
8 de agosto de 2022

Essas vacinas estão disponíveis na rede pública de saúde, mas são restritas somente para determinadas faixas etárias, situações especiais ou pessoas que possam ser atendidas através do Centro de Referências para Imunobiológicos Especiais (CRIE).

Caso a pessoa esteja fora dessas situações e queira tomar qualquer dessas vacinas, deverá recorrer a vacinação através da rede particular.

Menigocócica ACWY – protege contra a meningite causada pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y. Na rede pública, essa vacina está disponível somente para adolescentes de 11 e 12 anos.

HPV – disponível na rede pública somente para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto (dTpa) – protege contra difteria, tétano e coqueluche. Na rede pública, está disponível somente para gestantes e puérperas.

Pneumocócica conjugada 13-valente – protege contra 13 tipos da bactéria pneumococo, que pode causar pneumonia e meningite.

Pentavalente acelular – protege contra difteria, tétano, c

Posted in Blog by admin | Tags: , , ,
8 de abril de 2019

Posted in Blog by admin | Tags: , , , ,
13 de fevereiro de 2019

Posted in Blog by admin | Tags: ,
× Whatsapp